Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
PORTO POST DOC 2016 - Tales of Two Who Dreamt

PORTO POST DOC 2016 - Tales of Two Who Dreamt

Teatro & Arte | Cinema

Teatro Municipal Rivoli

Grande Auditório
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2016
nov
27
Realizado

Duração

82 minutos

Produtor

Port Post Doc Festival Cinema - associação cultural

Breve Introdução

DOMINGO 27 NOVEMBRO
GRANDE AUDITÓRIO MANOEL DE OLIVEIRA

DOM 27 Rivoli Auditório MO, 14h30
Tales of Two Who Dreamt
Andrea Bussmann, Nicolás Pereda, 2016, Canadá/México, 82’, M12
A história de um menino que se transforma num pássaro. Um prédio cinzento em Toronto, onde vivem centenas de famílias de imigrantes europeus ciganos, vidas vividas lentamente, suspensas enquanto esperam e preparam as audiências para a concessão da autorização de residência ou a chegada da carta que as obrigará a voltar aos seus países de origem. Tales of Two Who Dreamt é, para além disto tudo, um filme que documenta o processo de criação de um outro filme que nunca é mostrado, mas que é constantemente reescrito e reencenado por vários membros da família Laskas, protagonistas neste híbrido que envolve documentário observacional e uma adaptação livre da Metamorfose de Kafka, infeliz analogia certeira. Como nos anteriores filmes de Pereda (o Porto/Post/Doc exibiu Os Ausentes em 2015), em Tales há uma propositada falta de distinção entre ficção, mitologia e realidade, e neste limbo reside a procura pela verdade e sua representação – os Laskas, aliás, são tão carismáticos e naturais como atores que seriam certamente cobiçados por De Sica ou Rossellini. Formalmente inovador, belíssimo no seu preto e branco, experimental nos seus processos e complexo no seu resultado, Tales of Two Who Dreamt é um dos filmes imperdíveis deste ano. (Lídia Queirós)

Pontos de Referência

Praça D. João I

-
Partilhar
ASSINATURA 6

Serviços Adicionais