A BOL usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de cookies. SaberMais/ Fechar
Distrito Sala
Detalhe Evento
CHRISTIAN RIZZO  - Le Syndrome Ian

CHRISTIAN RIZZO - Le Syndrome Ian

Teatro & Arte | Dança

Teatro Municipal Rivoli

Grande Auditório
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2017
set
15
Realizado

Duração

55 minutos

Promotor

Câmara Municipal do Porto

Breve Introdução

Dança
Sex 15 Set / 21h30

CHRISTIAN RIZZO (FR)
Le Syndrome Ian

Grande Auditório MO Rivoli
10,00 eur M/12


Le Syndrome Ian é a última parte da trilogia que Christian Rizzo construiu à volta de várias tipologias de dança. Em DAprès Une Histoire Vrai, que foi apresentado no Teatro Rivoli em setembro de 2015, Rizzo abordava o circuito das danças comunitárias, onde o grupo era o leitmotiv da ação; em Ad Noctum explorou a dança a pares, a simbiose entre dois corpos, com um par de bailarinos em palco. Le Syndrome Ian é, assim, a conclusão desta trilogia e coloca o foco, desta vez, nas chamadas danças noturnas. O também diretor do reconhecido Centre Chorégraphique National de Montepellier, em França, parte agora da sua história pessoal para criar um enredo coreográfico que explora os fundamentos dessa dança que, todas as noites, se vive nas pistas dos clubes noturnos de todo o mundo. Toma como ponto de partida o ano de 1979, o ano em que Inglaterra é tomada pelo sons intrigantes de uma banda de Manchester que colocaria, para sempre, a cidade no mapa: Joy Division e, especialmente, pelo seu vocalista Ian Curtis. Uma melodia escura, porém poética, ajustada ao ritmo dos corpos toma as pistas de dança de então. A voz assombrosa (quiçá assombrada) de Curtis ecoa nos clubes de diversão, numa combinação entre o movimento pós-punk e os ritmos de dança mais frenéticos. Um país, uma sociedade, uma figura de proa da música mundial e uma história pessoal que cose todos estes ingredientes: Le Syndrome Ian junta em palco nove bailarinos que, sob tempos diferentes, vibram freneticamente do início ao fim, numa contaminação que apenas as pistas de dança conseguem, diariamente, testemunhar.

Ficha Artística

Coreografia, Cenografia, Figurinos e Objetos de Iluminação: Christian Rizzo
Interpretação: Miguel Garcia Llorens, Pep Garrigues, Kerem Gelebek, Julie Guibert, Hanna Hedman, Filipe Lourenço, Maya Masse, Antoine Roux-Briffaud, Vania Vaneau + um figurante
Desenho de Luz: Caty Olive
Criação Musica: Pénélope Michel e Nicolas Devos (Cercueil / Puce Moment)
Assistência Artística: Sophie Laly
Concepção de Figurinos: Laurence Alquier
Direção Técnica: Thierry Cabrera
Régie générale : Marc Coudrais
Direção de Cena: Jean-Christophe Minart
Produção: ICI centre chorégraphique national Montpellier - Occitanie / Pyrénées-Méditerranée / Direção Christian Rizzo
Coprodução: Opéra de Lille, Festival Montpellier Danse 2016, Théâtre de la Ville - Paris, National Taichung Theater (Taiwan), Biennale de la danse de Lyon 2016, Centre de Développement Chorégraphique Toulouse / Midi-Pyrénées, le lieu unique - Nantes, TU - Nantes, La Bâtie - Festival de Genève (Suíça)
Duração aprox. : 55 mins

Pontos de Referência

Praça D. João I

Partilhar
Colecção de Postais do Museu Romântico